Notícias & Eventos

Inovação na Educação a Distância

11.04.2011

IPDE Inova em Educação a Distância online

O IPDE, por sua vocação primordial, iniciada há mais de dez anos, busca inovação no setor de P&D e faz o mesmo para a área educacional.

Inovar na educação, para o IPDE, significa trabalhar para que os cursos tenham o menor tempo de carregamento possível e maior número de mídias para facilitar a aprendizagem. Contudo, isso ocorre na tecnologia porque pensamos educação de forma diferenciada. Não acreditamos em cursos de “prateleira”, mas em um estudo detalhado de cada projeto para a elaboração de cursos que aproximem o aluno do conteúdo. Todos os cursos são criados em torno de um conceito e de acordo com o público-alvo. Este conceito perpassa todo o conteúdo e torna o curso ofertado via EaD único para o cliente que nos procura. Fazemos isso pensando na educação afetiva e significativa, que interage e humaniza a tecnologia.

Aprimorando ainda mais esta filosofia, o IPDE agregou em sua plataforma educacional uma rede social, que será usada inicialmente por 8 mil alunos. Nela, o aluno constrói relacionamentos enquanto aprende conteúdos específicos. Mas, não é uma rede distante dos objetivos educacionais, cheia de recursos que distraem do objetivo principal. Ela é integrada ao objetivo do curso, exclusiva para cada projeto, simples e amigável.

As barreiras que existem hoje não são mais tecnológicas, mas a forma antiga de enxergar a educação tecnicista, centrada apenas no conteúdo e longe do aluno, que deve estar apto a buscar sempre mais informações, além de sentir-se humano neste meio computadorizado. Constata-se assim que o IPDE se mantém fiel à técnicas inovadoras.

REDES SOCIAIS NA EDUCAÇÃO: OUTRA INOVAÇÃO NO IPDE

A educação que inclui digitalmente busca métodos para traduzir a interface homem-máquina da forma mais natural possível. É notável que aprendemos a interagir com os computadores e com a própria internet buscando interesses pessoais, fazendo da ferramenta computacional uma solução para sua necessidade. As relações sociais mediadas pela tecnologia são uma importante forma de inclusão digital, onde o aluno, pela necessidade da afetividade no ambiente "frio" que é o computador, busca essas relações, humanizando-a.

O uso de redes sociais, mais especificamente de redes de relacionamento, diminui a distância entre alunos, a evasão ao curso e "aquece" este ambiente. O IPDE inova com a busca desta educação afetiva, em torno de conceitos desenvolvidos para cada projeto, onde rede social é vista como ferramenta importante na Educação a Distância online, mas não de forma isolada, como mais um "site" sem conexão com o conteúdo. A integração dessa rede com a plataforma e o conteúdo faz com que a aprendizagem desencadeie de forma natural, durante a construção dos relacionamentos.